Transportes na indústria: equipamentos e suas utilizações

Qualquer indústria é composta por diversos tipos de setores, quase sempre falamos mais detalhadamente sobre o setor da produção. Entretanto esquecemos que o transporte interno dos materiais é de suma importância para que a produção venha se desenvolver de forma fluida e segura.

Grande parte desses transportes internos são feitos pelas peças manitou, que vão desde gruas a empilhadeiras, e são auxiliadores no processo de transporte de uma determinada carga para um outro lugar onde será desenvolvido a peça ou o produto.

Cada um dos equipamentos que serão tratados nesse texto devem ser utilizados atentando-se as regras e os cuidados dos profissionais da segurança do trabalho, para que assim, toda máquina e equipamento seja manuseado sem risco de acidentes de trabalho.

TIPOS DE EQUIPAMENTOS DE TRANSPORTE

Existe uma gama variada de equipamentos de transporte utilizados na indústria. Confira alguns:

TALHA MANUAL DE CORRENTE

A talha manual de corrente é capaz de levantar/içar desde pequenos pesos até grandes toneladas, desse modo sua usabilidade pode estar dentro de qualquer oficina, seja mecânica, seja carpintaria ou qualquer outro tipo ao setor industrial.

Por ter a capacidade de içar grandes pesos, é um equipamento indispensável para as indústrias. Além da talha manual, existem outros tipos, como as talhas elétricas e as talhas pneumáticas.

A talha manual de corrente, é aquela na qual o içamento é feito por meio da força, desse modo, a carga é fixada na talha, e o levantamento é manual. O processo de levantamento e de abaixamento é feito por um sistema de roldanas que ajudam o trabalhador a içar o peso.

Outro tipo de talha, é a talha manual de alavanca, que ao invés de ser puxada (como a de corrente) possui uma alavanca que está atrelado a uma engrenagem “catraca” que quando é puxada para baixa iça a carga.

TRANSPORTADORES CONTÍNUOS

Os transportadores contínuos são como grandes esteiras que tem como objetivo levar objetos sólidos de um ponto a outro da fábrica, de maneira segura e fluida.

Os transportadores contínuos são muito usados em portos, armazéns, mineradoras e outros setores da indústria. Existem alguns tipos de transportadores contínuos como:

  • Transportadores contínuos de correia;
  • Transportadores contínuos de corrente;
  • Transportadores contínuos helicoidais;
  • Transportadores contínuos de rolos motorizados.

Cada transportador contínuo tem uma utilização específica, dependendo do ângulo, e do que for ser transportado.

PONTE ROLANTE

As pontes rolantes são muito usadas em portos para a carga e a descarga de navios, e também durante uma movimentação retro portuária.

A ponte rolante é formada basicamente por uma viga, um carro e a talha. A junção desses três elementos permite que o transporte e a movimentação das cargas se dão de maneira segura e adequada. Existem as pontes rolantes fixas e móveis, e três tipos principais de pontes rolantes:

– A ponte rolante apoiada em dupla viga: indicado para movimentação de cargas, e que necessita trabalhar em grandes alturas, e pode chegar até 25 metros;

– A ponte rolante univiga: usada em movimentação de cargas em lugar com pé direito alto, e para a movimentação de peças muito grandes;

– A ponte rolante suspensa: que é usada em lugares que não possuem colunas para apoio do equipamento. São usadas apenas em locais que possuem estrutura para receber o equipamento.

GUINDASTE

O guindaste talvez seja o equipamento que mais vemos no nosso dia a dia, principalmente por ele estar presente nas construções civis. Ele é uma máquina de içar pesos e outras peças a grandes alturas. São usadas polias ou alavancas para sua movimentação.

O guindaste é composto basicamente pelo que chamamos de lança telescópica (braço ou treliça de aço) que fica sobre uma plataforma móvel. As alavancas e as polias elevam a lança levantando assim o peso.

Desse modo existem alguns tipos de guindastes como:

– Guindaste móvel: que é o mais simples, que consiste na lança e uma plataforma de transporte;

– Guindaste telescópico: que consiste em uma lança telescópica que diminui ou aumenta o tamanho;

– Guindaste articulado: Que possui um braço que pode se articular que não está em uso;

– Guindaste truck-moutened crane: que são guindastes atrelados a um caminhão facilitando seu transporte.

A IMPORTÂNCIA DOS TRANSPORTES DENTRO DA INDÚSTRIA

Todos esses equipamentos permitem que a indústria e os seus processos sejam mantidos de forma segura e adequada.

Claro que cada um desses equipamentos deve ser pensado de acordo com os segmentos da indústria, para que assim, a produção seja segura para os trabalhadores, e traga confiança aos clientes e investidores.

redator Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *