Soldagem e usinagem: processos e EPIs necessários

Dentro da indústria, existem diversas atividades essenciais para que tudo funcione corretamente. Duas delas são a soldagem e a usinagem. Para entender melhor como funciona cada uma delas, leia o texto a seguir.

O que é usinagem?

Para que os processos industriais sejam feitos de maneira correta, é preciso que suas máquinas estejam funcionando, também, de maneira adequada. Ou seja, suas peças devem ser bem feitas e mantidas.

O processo de usinagem tem a função de moldar as peças dos equipamentos utilizados na indústria. Assim, para que a peça seja feita de maneira perfeita, é necessário que haja profissionais especializados nesse assunto.

Isso porque um bom centro de usinagem é definido nos detalhes.

O processo de usinagem passa, normalmente, por quatro etapas:

  • Perfuração;
  • Moagem;
  • Fresagem
  • Torneamento;

Na usinagem, tudo deve ser perfeito, caso contrário, as peças não se encaixam, um exemplo disso é a usinagem de engrenagens.

A perfuração e os dentes de cada engrenagem deve ter o diâmetro e o tamanho perfeitos para que elas sejam bem utilizadas. Caso contrário, todo um processo pode ser colocado a perder.

Além da perfuração, há, também, o processo de moagem, nesse momento, o mecanico de usinagem deve moldar o aço com uma pedra. Esse não é um processo fácil, por se tratar de um objeto bastante resistente.

Há, também, o processo de fresagem, por meio dele, são feitos os cortes das peças, de maneira precisa e detalhada. Peças mais delicadas e que necessitam de um pouco mais de paciência e atenção geralmente passam por esse processo.

A usinagem conta com um equipamento chamado torno (equipamento mais antigo quando o assunto é usinagem).

É por meio dele que se confecciona e se realiza o acabamento das peças. Outro tipo de equipamento utilizado é o rebolo de polimento, que tem a função de facilitar no polimento das peças.

O que é soldagem?

Outro processo de fabricação de peças metálicas é chamado de soldagem. Ela é utilizada para a união dos materiais, que, expostos ao calor, fundem suas ligas.

A soldagem é utilizada na indústria de maneira geral. Assim, ela atua com pequenas e grandes peças. No caso de construções enormes, como pontes e navios, é utilizado o processo de solda exotérmica, que tem uma temperatura ainda mais elevada.

Além desse, existem outros diversos tipos de processos de solda em aluminio ou em qualquer outro tipo de metal. São eles:

  • Arco elétrico;
  • Resistência elétrica;
  • Abrasão;
  • Ultrassom;
  • Laser;
  • Sonda magnética.

O mais utilizado é o arco elétrico, que necessita de um material protetor (eletrodo) que tem a função de evitar a oxidação.

Equipamentos de proteção necessários

Assim como todos os outros processos industriais, a usinagem e a soldagem também necessitam dos famosos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Esses equipamentos são fundamentais para que os trabalhadores se mantenham em segurança durante a atividade. Sendo assim, existem alguns tipos de EPIs essenciais para torneiros e soldadores. Vajamos alguns:

1. Óculos de proteção

Os óculos de proteção devem ser utilizados tanto por quem trabalha com usinagem quanto para quem trabalha com solda.

Luminosidade intensa e pequenas partículas voadoras, portanto, não poderão chegar aos olhos de quem está trabalhando.

2. Protetor auricular

Esse equipamento também deve ser utilizado em ambos os casos. Isso porque esses processos causam barulhos muito elevados, o que pode machucar o ouvido de quem está trabalhando.

Com o protetor auricular, esse problema é minimizado e os danos combatidos.

3. Máscara semifacial

Bloquear partículas nocivas e purificar o ar. Esse é o objetivo da máscara de proteção semifacial. Ela é normalmente utilizada por soldadores, que lidam muito com altas temperaturas e faíscas. Assim, o sistema respiratório e digestivo estará protegido.

4. Luvas de proteção

Trabalhadores que precisam lidar com altas temperaturas e máquinas de corte necessitam das luvas de proteção. Assim, tanto soldadores quanto usineiros vão precisam desse EPI.

Elas facilitam o manuseio do equipamento e ainda protegem a pele das lâminas e faíscas.

Para saber se o equipamento está adequado para o uso, basta que ele tenha um Certificado de Aprovação (CA), emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Isso é obrigatório de acordo com a Norma Regulamentadora – 6 (NR6), que tem o objetivo de fortalecer o uso dos equipamentos adequados e garantir a segurança dos trabalhadores.

redator Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *