Sistemas de água e gases em um laboratório

Dentro do processo industrial é comum que haja geração efluentes, frutos de água ou gases gerados por algum processo químico, físico ou biológico. Por isso, é cada vez mais comum falar em sistema de reuso de água nestes ambientes.

Nesta situação, a água que surge de outras substâncias laboratoriais pode carregar vários elementos tóxicos e, com isso, é necessário pensar no reaproveitamento para evitar a proliferação destes elementos.

Segundo especialistas, esse processo é importante para evitar questões como contaminação e insalubridade mas também serve para pensar na responsabilidade socioambiental da indústria.

Tanto que a legislação ambiental e as próprias recomendações determinadas por órgãos, como a ABNT, orientam medidas para fortalecer a segurança nestes espaços e evitar malefícios causados por substâncias não tratadas.

Entre os dispositivos comuns neste processo, a capela de exaustão de gases, por exemplo, é um equipamento usado, tanto para evitar a inalação de substâncias que podem prejudicar a saúde dos colaboradores como para reforçar a segurança do laboratório.

Assim como a capela há outros equipamentos industriais que contribuem para esses sistemas. Quer saber mais sobre como funcionam os sistemas de água e gases em um laboratório? Continue lendo este artigo e saiba mais.

Sistema de reuso de água

Dentro de um sistema de reuso de água laboratorial podem haver várias especificidades. O segmento da indústria, a rotina de manipulação das substâncias/reagentes e os equipamentos disponíveis para o reaproveitamento são apenas alguns elementos que podem compor esses sistemas.

Contudo, independentemente das variações, esse tipo de sistema tem como objetivo: captar a água produzida nos processos, remover os reagentes tóxicos e torná-la reaproveitável.

Com isso, existem vários elementos que são fundamentais para compor as etapas deste sistema de reuso de água. Quer saber mais sobre como isso funciona e quais são os principais equipamentos? Confira nos tópicos seguintes.

Capela de exaustão de gases

Essa estrutura, feita, geralmente, em ferro ou aço inox, tem muita semelhança com as coifas que são usadas no ambiente de uma cozinha industrial.

Na prática, as capelas de exaustão de gases servem para reduzir os poluentes que surgem a partir das substâncias, e ajudam no sistema de reaproveitamento da água ao impedir que as sujeiras e toxicidades se incorporem no sistema de reaproveitamento.

Por isso, a capela de exaustão de gases atua como uma espécie de “pulmão” ao filtrar o ar dentro de um laboratório industrial. Esse produto pode receber o complemento de ventiladores industriais e exaustores de vários estilos, mas independentemente das especificações, uma capela é importante para o laboratório pois:

  • Reduz a insalubridade causada por gases e substâncias tóxicas;
  • Melhora a circulação do ar e qualidade da respiração no ambiente;
  • É importante para questões de segurança, já que pode evitar explosões;
  • Ajuda a reduzir contaminantes que podem ser direcionados para a água.

Chuveiro e lava olhos de emergência

Além de evitar o contato dos colaboradores das indústrias com produtos químicos, o chuveiro e lava olhos de emergência é um produto muito importante para garantir uma circulação menos tóxica dos gases e da água no laboratório.

Na prática, esse dispositivo serve para disparar um fluxo de água, (assim como um chuveiro residencial), que ajuda nos processos de descontaminação. Com essas características, esse produto é muito usado em segmentos como os laboratórios químicos e as indústrias farmacêuticas e alimentícias.

A composição de um chuveiro e lava olhos de emergência pode ser feita com ferro, aço inox ou alumínio, e isso traz várias vantagens para o produto.

A principal é a resistência diante dos processos químicos e tóxicos, porém, como o próprio nome sugere, o chuveiro de emergência também pode ser usado em situações específicas e emergenciais.

Lavador de gases

Gases são substâncias que podem provocar diversas reações no ambiente industrial e fora dele. Em um processo de descontaminação ou controle de vazamento, os lavadores de gases são equipamentos que servem para ajudar na remoção do fluxo de gases no processo industrial ou filtrar essas substâncias.

Na prática, esses equipamentos servem tanto para a coleta dos gases como para a neutralização das substâncias e, posteriormente, seu resfriamento. Além dos laboratórios, os lavadores são equipamentos que servem para outros ambientes que lidam com essa matéria-prima, como as cozinhas industriais.

Além da lavagem, um lavador de gases industriais é um dispositivo que serve para despoluir tanques industriais, controlar odores e restos de outras substâncias.

Manômetro para gás

Assim como os lavadores e exaustores, acessórios industriais como os manômetros são muito comuns nos sistemas de água e gás dentro de um laboratório. Na prática, esse dispositivo serve para medir a pressão dos variados gases, por isso, um manômetro para gás pode ter modelos variados.

No ambiente laboratorial, esses equipamentos industriais servem para medir a pressão por meio de tubos, (feitos em vidro ou plástico), que são conectados aos recipientes e preenchidos com líquidos.

Além da finalidade industrial, esses dispositivos também podem ser usados para verificar a pressão de gás no ambiente doméstico.

redator Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *