Quais tipos de peças são introduzidas com frequência na indústria?

Nos mais diversos segmentos da indústria, diariamente, são utilizadas peças de todos os tipos. Para saber mais sobre elas, e suas aplicações, continue com a sua leitura.

Flange sobreposto é um item que desliza sobre a tubulação antes de ser soldado, sendo ideal para aplicações de baixa pressão.

É uma peça que pode ser usada em indústrias de geração de energia, de petróleo, gás natural, construção naval, papel e celulose e metalurgia, entre outras.

Esse tipo de flange não possibilita uma ligação direta com a conexão tubular, nem ensaio de radiografia na linha.

Ela é uma peça que necessita de uma solda do lado interno e também no externo, é destinada para diversas temperaturas e pressão moderada.

O flange sobreposto é uma peça considerada democrática, porque pode ser aplicada em diferentes projetos e setores, por isso, é essencial e requer qualidade, precisão e durabilidade.

O flange sobreposto é um produto capaz de ligar os diferentes tipos de valvula de pressão e outros tipos aos tubos, neste caso, é preciso que as tubulações sejam de rosca e solda.

Possui diâmetro nominal maior, assim, as tubulações conseguem passar por dentro dele antes da solda, feita por dentro e por fora, evitando vazamentos e tendo mais resistência.

Quem busca por flange sobreposto quer o melhor. Ela tem fácil instalação, agilizando e aprimorando a execução dos mais diversos trabalhos.

A ponta do tubo deve ser encaixada na flange, facilitando o alinhamento e impedindo o corte do tubo.

Saiba mais sobre a válvula esfera bipartida

Valvula esfera bipartida é formada por duas partes um corpo e uma tampa, sendo utilizada como bloqueio de fluxo e recomendada em condições de aplicação severas.

Ela consegue diminuir o alto torque de operação, evitando danos à sede da válvula, acionamento por tubo, conta com uma haste à prova de expulsão fornecida e, também, com uma trava para cadeados.

Seu nome, válvula esfera, é derivado pelo obturador no qual possui a forma de esfera em seu interior, essa esfera tem forma cilíndrica e, dependendo da posição, possibilita o fluxo do fluido ou interrompe a passagem deste.

Ela é bastante usada em tubulações de vapor e em fluídos inflamáveis, no entanto, neste caso, o tipo “fire safe”, porque mesmo tendo altas temperaturas continua vedando por ter uma vedação secundária que impede o escape do fluido.

É produzida conforme o fluido com o qual opera, podendo ser do fabricada com os seguintes materiais:

  • Latão;
  • Bronze;
  • Aço liga;
  • Aço inox;
  • Aço carbono;
  • Polipropileno.

Também apresenta modelos variados para atender aos mais distintos segmentos. Antes de instalá-la é necessário uma checagem dos materiais das vedações, corpo e tampa pra ver se está conforme seu uso.

Realizar uma rigorosa inspeção é essencial em relação aos possíveis resíduos restantes na tubulação no momento da montagem de linha. Pois se houver resíduos de solda, rebarbas ou outros, causam avarias na esfera e na vedação da válvula.

A válvula esfera bipartida possibilita apenas a passagem ou bloqueio total do fluxo, foi construída para o fluxo bidirecional, propiciando uma rapidez maior na operação, pois o bloqueio de fluxo se faz girando essa esfera em 90 graus por meio do acionamento por alavanca ou através de atuadores, neste caso, o atuador precisa ficar alinhado para que não tenha elevação do torque.

Saiba os aspectos do mancal para rolamentos

Qualquer modelo de maquinário precisa de algum modelo de Mancal para rolamento, pois elas ajudam a otimizar a produção, suportando os rolamentos e elevando o desempenho.

Ao agir em conjunto com os rolos ou esferas, vai depender do tipo de rolamento usado, o mancal para rolamento ajuda na rotação do conjunto dentro dos aparelhos. Eles têm rolos ou esferas que ajudam nos movimentos rotacionais dentro de um determinado dispositivo.

O tipo de mancal de rolamento que será aplicado depende muito do tipo de rolamento usado, pois no mercado há muitos tipos de rolamentos que suportam cargas axiais ou radiais, que operam através de esferas ou rolos e afins.

Apesar de serem acessórios simples e comumente fáceis de achar em diferentes tipos de equipamentos, é fundamental que sua qualidade seja ótima.

Operando em condições adversas, sendo resistentes e com uma boa longevidade. Ao usar mancais de qualidade duvidosa traz muitos prejuízos aos equipamentos e à produtividade como um todo.

Sempre escolha um distribuidor que possua uma equipe capacitada para sanar as dúvidas e recomendar modelos ideais para cada tipo aplicação e, ainda, que trabalhem com produtos considerados de primeira linha.

redator Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *