Quais os tipos de peças que compõem o ramo industrial?

Quando pensamos no ambiente industrial, vemos que há uma diversidade de funções e de serviços que fazem com que ele seja grandioso como é. Isso é possível graças a todos que estão envolvidos nesse meio, suas máquinas e peças.

Desde uma válvula, até enormes maquinários, todos são executados com um trabalho conjunto e desenvolvidos com o maior conhecimento possível. E assim segue todos os trabalhos de uma indústria.

Cada tipo de função dentro desse local é muito específica e deve ser sempre feita por pessoas profissionais, pois todos eles possuem o conhecimento certo para que cada peça possa ser fabricada da melhor forma possível.

E para que você conheça um pouco mais sobre alguns equipamentos e aspectos relacionados à indústria, neste artigo falaremos sobre válvulas e rolamento, fazendo com que você saiba um pouco mais sobre suas funções e realizações. Acompanhe o texto e saiba mais.

Saiba mais sobre as válvulas

Também conhecidas como conexões pneumáticas, essas válvulas são peças fundamentais no ambiente industrial e possuem variados tipos de aplicações.

Mas, de modo geral, sua maior feitoria é controlar, de forma contínua e automática, todos os tipos de fluídos, gases e outros elementos que são usados em ambientes como estes que estamos citando.

Ela pode também prevenir vazão reversa, controla a pressão de cada ponto e também comandar o serviço de liga-desliga de todos os equipamentos em que ela trabalha como uma das principais atuantes.

E, justamente pelo fato dessa válvula apresentar todas essas possibilidades, ela dispõe de variados formatos e tamanhos, que são determinados por alguns aspectos como:

  • Operação;
  • Condição de pressão;
  • Condição de temperaturas;
  • Natureza do fluído;
  • Forma de acionamento.

E para que seja possível entender um pouco mais sobre as principais válvulas, falaremos de dois tipos, que são a válvula diafragma e a guilhotina, que costumam ser muito usadas diariamente em todos os locais industriais.

As válvulas diafragmas são usadas para controlar diversos tipos de fluídos tidos como corrosivos, viscosos e também com sólidos em suspensão.

O centro de seu corpo possui um diafragma preso, e através da movimentação ele funciona, acionando o giro do volante,

Assim a haste que se encontra no centro se desloca com o compressor e o diafragma que citamos pode ir para cima ou para baixo, dependendo da movimentação que será feita no momento.

Ela possui um chamado indicador de abertura, que ajuda a marcar o local em que ela é feita, também tem um fluxo suave e ainda poder ser acionada manualmente por um volante ou uma alavanca de simples manuseio.

Já a válvula guilhotina é usada mais como um controle e bloqueios de fluídos que tenham alguns aspectos como partículas em suspensão, seja em água, lama, pastas, granulados ou pós de maneira geral.

Seu funcionamento é muito semelhante ao de uma guilhotina, e foi, exatamente, por esse motivo que esse modelo de válvula foi batizado com esse nome. O controle do fluxo é feito com uma lâmina de aço inox que se movimenta de forma perpendicular a ele.

Rolamentos

Outros elementos muito utilizados na indústria são os diferentes tipos de rolamentos que estão presentes em muitos locais. Eles são materiais que fazem com que seu corpo, que é um rolete cilíndrico proteger todas as outras peças de fricção.

Há muitos tipos, mas hoje falaremos de um dos mais conhecidos, que é o de esfera. Eles são rígidos, mas ao mesmo tempo muito versáteis, e podem ser indicados, principalmente, para equipamentos com velocidades altas e muito altas.

Isso faz com que o rolamento de esfera suporte cargas tanto radiais quanto axiais em todas as direções possíveis, e além disso, sua manutenção é muito menor do que é possível se imaginar, justamente por sua qualidade.

Esses rolamentos rígidos são utilizados em muitas variantes, formas e possuem modelos diferenciados para que possam se encaixar em diversos tipos de situações que necessitem exatamente da função de seu corpo e funcionamento.

Por fim, os rolamentos esfera são os mais representativos relacionados à mecânica industrial e possuem todos os tipos de aplicações. Seu torque de atrito é pequenos e se adéqua a todas em todos os ambientes.

Enfim, essas são algumas peças que a partir do momento de uso e entendimento de funcionalidades, tornam-se indispensáveis para o ramo da indústria e todos os seus maquinários essenciais.

redator Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *