O uso de máquinas e ferramentas na indústria

As máquinas fazem parte do desenvolvimento tecnológico e são produzidas, em boa parte das vezes, dentro da indústria.

Para que uma máquina seja formada, ela depende da junção de diversas peças mecânicas que são acopladas para realizar seu funcionamento de forma eficiente e com qualidade.

No processo de formação de uma máquina, pode-se unir alguns elementos como diferentes sistemas (exemplo: mecânico, hidráulico, pneumático e outros), assim como pode-se unir a funcionalidade de diversos elementos, como é o caso do uso de cabeamento, parafusos e motor.

Como as máquinas precisam ter seus sistemas integrados para funcionar, esse artigo vai trazer alguns exemplos de peças que podem ser utilizadas para contribuir com o funcionamento mecânico da máquina. Confira!

Funcionamento da máquina: importância da parte mecânica

A mecânica se refere à junção de peças de forma eficiente para que seu funcionamento ocorra de forma assertiva, sem danos ao equipamento.

Esse processo passa por regulamentação ao que se refere às normas e regras de segurança.

É por meio do processo de acoplamento que as peças são unidas e, cada uma desempenhando sua função em conjunto, resultam na qualidade da máquina.

Contudo, existem vários tipos de acoplamentos que podem estar em uma máquina, a depender das suas propriedades e características particulares.

Alguns modelos de acoplamentos

O acoplamento se refere à junção de peças dentro de um sistema mecânico que precisa estar conectado.

Dentro de uma máquina, existem sistemas mais independentes, que podem ser substituídos e outros que são fundamentais para a peça.

Dentre um dos tipos de acoplamento, podemos citar o acoplamento elastico, que também pode ser considerado como um acoplamento flexível.

Esse equipamento mecânico possui a função de unir ou ligar dois eixos dentro de um sistema. Esse tipo de acoplamento pode ter uma variação entre seus modelos e características, mas, é considerado muito eficiente.

Esse tipo de acoplamento, ainda, pode ter uma elasticidade maior, envolvendo mais direções. Com isso, é possível absorver com mais facilidade os choques e vibrações que podem ocorrer dentro de um sistema, sem afetar os outros sistemas e instrumentos internos.

Outra vantagem da utilização desse material é que ele consegue promover a organização de peças dentro de um sistema, evitando alguns tipos de desvios, assim como elementos paralelos ou os eixos que poderiam desalinhar.

Essa funcionalidade ainda é considerada de fácil instalação e montagem, necessitando de pouca manutenção e lubrificação.

Esse tipo de acoplamento faz parte dos chamados Acoplamentos mecanicos. Dentro dessa temática, existem vários outros modelos de peças e ligas que podem ser utilizadas em sistemas específicos. Para o motor de uma peça também existe um modelo especial que visa sua proteção e preservação.

Nesse contexto, um outro acoplamento que merece destaque é o acoplamento para motor, que liga eixos que apresentam rotação.

Basicamente, esses acoplamento para motor e seus eixos são formados por um aço que consegue absorver o impacto e vibração das máquinas, sendo considerado um material bastante resistente.

Além disso, esse equipamento apresenta outras características, como:

  • Blinda e protege o motor;
  • Consegue ser resistente ao calor e abrasão;
  • Possui modelos diferenciados;
  • Pode ser flexível e elástico;
  • Resiste ao óleo, poeira e água;
  • Possui rápida e fácil instalação;
  • Baixo custo nos procedimentos de instalação;
  • Não apresenta muito ruído.

Ou seja, esse é um material completo, que pode ser adquirido a partir da necessidade do cliente. Geralmente, esses sistemas estão ligados a engrenagens, algumas resinas, podendo ser montado diretamente no motor, a partir de sua capacidade e potência.

Já que estamos falando sobre o motor, é importante ressaltar a importância dessa peça dentro da máquina.

As funcionalidades do motor e atuação do compressor

O motor é um dos principais equipamentos dentro de uma máquina, sendo que sem ele é muito difícil que um equipamento funcione.

Basicamente, o motor é responsável pelo bombeamento de líquidos necessários ao resto das máquinas, assim como ações de comando que, ao serem ativadas, fazem com que a máquina funcione.

Para esse tipo de máquina pode ser utilizada o pressostato, que é um equipamento utilizado para medir a pressão de um sistema, visando protege-lo.

Além disso, esse material ajuda na proteção de um equipamento, verificando o tipo de pressão que é aplicada sobre ele.

Outro equipamento importante é o compressor e, para ele, existe o Pressostato para compressor, em diversos modelos no mercado.

Esse equipamento também visa a proteção do maquinário, regulando sua taxa de carga para que a bateria não tenha carga em excesso.

redator Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *