Mercado estrangeiro enxerga oportunidade em investimento interno

As empresas do setor industrial estão em franco crescimento, principalmente após a abertura do mercado externo, para investimentos de empresas estrangeiras no país.

O progresso tecnológico, aliado à integração de diferentes empresas corporativas, e a abundância de mão de obra qualificada, permitiu ao Brasil entrar na mira de diversas empresas, e com isso, crescer diante do mercado estrangeiro.

A oferta de matéria-prima, voltado à industrialização, a concentração de produtos do campo, e a facilidade de negociação com o comércio exterior também se destacam, principalmente com a presença de portos, aeroportos e estradas por todo país.

Investimento no setor industrial

Por isso, o investimento de empresas que aportam capital estrangeiro no país, procurando ampliar o mercado, buscando novos públicos consumidores, por meio da expansão de negócios, encontram no Brasil um grande mercado a ser explorado.

Para isso, as empresas estrangeiras procuram parcerias, para que possa entender questões burocráticas, como licenças ambientais, impostos, infraestrutura e disponibilidade de mão de obra e tecnologia.

Com isso, seguindo as regras e legislações de maneira correta, abrem um processo de montagem industrial, para instalação e organização de tudo que é necessário para o início dos trabalhos.

Para que todos os detalhes sejam colocados em prática, é preciso que o serviço seja feito desde a preparação básica de todas as estruturas.

Desde adquirir a área territorial, em que a empresa será instalada, passando pela construção, compra de máquinas e equipamentos, contratação de mão de obra.

Em paralelo, há a preparação de toda a estrutura física, com instalação de sistema elétrico, abastecimento de água e esgoto, estação de tratamento de água, caso seja necessário, prédio adequado, e que atenda a todas as normas de regulamentação de segurança e leis trabalhistas.

Para que a empresa esteja de acordo com a legislação vigente, adequando o projeto em todos os aspectos técnicos, para que até mesmo a automação industrial seja implementada às atividades empresariais.

Para isso, o projeto deverá atender especificações técnicas, permitindo o uso pleno de todo o potencial industrial, com especial atenção a:

  • Instalação e fornecimento de sistema elétrico;
  • Máquinas e equipamentos com instalação pneumática e hidráulica;
  • Sistema de combate a incêndio e acidentes;
  • Infraestrutura voltada a cabos de dados e comunicação.

A disponibilidade de condomínios industriais, em regiões específicas do país, permitem que estes espaços tenham em sua estrutura, um fornecimento de energia elétrica voltada para o setor industrial.

Ainda assim, muitas empresas buscam fontes de energia alternativa, para empregar a sustentabilidade em seus projetos, e garantir o funcionamento pleno na linha de produção, caso haja qualquer tipo de falha nas redes elétricas das concessionárias.

Além do uso de placa de energia solar, voltado para equipamentos específicos, há ainda o uso de geradores de energia movidos a combustível fóssil.

A aplicação de energia solar é bastante eficiente, principalmente com a abundância de luz natural, como uma das principais características do país.

É ainda uma energia que não produz agentes poluidores, e seu investimento é incentivado por governos e organização de defesa do meio ambiente, agregando ainda mais valor de mercado às empresas.

Mantendo a linha de produção em funcionamento

A partir do momento que há investimento em uma empresa, seja ela uma fábrica ou indústria, os investidores precisam de retorno financeiro.

Desta forma, as equipes de trabalho precisam atender, de forma eficiente, a linha de produção em pleno funcionamento.

A manutenção corretiva dos equipamentos de trabalho, com a substituição de peças defeituosas, tão logo apareça o defeito. O alinhamento de correias e lubrificação de correntes, por exemplo, deve ser feita preventivamente, por operadores e colaboradores da empresa, conforme as necessidade se apresentam.

A tecnologia aplicada nos ambientes industriais contam com diversos equipamentos, como bombas centrífugas, motores com potência elevada e ventiladores, para manter a temperatura das máquinas e não sobrecarregar as engrenagens.

Para controlar a partida dos motores elétricos com corrente alternada, é preciso manter o conserto de soft starter em dia, pois estes equipamentos são responsáveis pela partida regularizada, evitando queda de tensão na rede elétrica.

A terceirização de diversos serviços, dentro de uma indústria, é algo constante. Isto promove o aquecimento econômico, servindo como uma contrapartida, diante da legislação de investimentos no país.

Por isso, serviços como segurança, limpeza e cozinha, contam com funcionários terceirizados, assim como a contratação de empresas de manutenção industrial SP.

Desta forma, o investimento pode ser centralizado de acordo com o objetivo da empresa, e toda a região ser beneficiada.

redator Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *