Eletricidade facilitada em obras e indústrias

Os trabalhos na área da construção civil devem seguir um padrão, observando o que pode ser preparado, de acordo com o tempo disponível para todo o projeto.

Para compensar tempos em que há a impossibilidade de trabalho, como em dias de chuva, que atrapalham bastante os processos de construção na área externa, muitas vezes o terceiro turno é aplicado no canteiro de obras.

É preciso iluminação para trabalhar

Para que possa ser feito um trabalho de maneira satisfatória, é preciso ter iluminação suficiente para que tudo seja feito às claras, oferecendo um espaço seguro, aplicando as normas regulamentares de segurança, que permitem que os trabalhadores possam exercer as tarefas de maneira eficiente e sem prejudicar a saúde e integridade física.

Para manter os trabalhos de forma ininterrupta, muitas construtoras contratam empresas de geradores em sp para que possam fornecer energia por um longo período, alimentando os equipamentos que dependem de energia elétrica durante todos os períodos de trabalho.

Com isso, a produção de construção não é interrompida, mesmo quando há falta do fornecimento de energia por parte das concessionárias responsáveis.

Dentro de um canteiro de obras, diversos equipamentos utilizam a energia elétrica para um bom funcionamento, desde betoneiras, para a mistura de massas de cimento, até as furadeiras, lixadeiras e parafusadeiras.

Além dos equipamentos de trabalho, a própria iluminação do local precisa ser feita de maneira satisfatória para que os trabalhadores possam realizar as tarefas nas partes internas, onde não há iluminação natural após a aplicação de lajes e telhados.

Para que os trabalhos possam ser feitos também durante o período noturno, as construtoras realizam a locação de torre de iluminação, que atende de forma satisfatória a claridade pretendida nas áreas a serem ocupadas pelos operários.

Estes equipamentos, muito comuns em eventos noturnos e campos de futebol, possuem lâmpadas de potência muito alta, com a comodidade de poder transportar conforme a necessidade de iluminação do local.

A base é formada por reboques sobre rodas, que podem atender diversos setores da construção, sem prejudicar os espaços dos canteiros de obras.

Para utilizar este tipo de equipamento, as equipes responsáveis precisam identificar as reais necessidades de luminosidade do local e verificar qual é o ideal para implantação. Entre as observações a serem verificadas, devem estar:

  • Tamanho da área a ser iluminada;
  • Equipamentos com tamanho e eficiência luminosa;
  • Voltagem e amperagem dos equipamentos utilizados;
  • Local de instalação das torres de iluminação.

Os tipos de equipamentos e lâmpadas devem corresponder às necessidades de cada espaço do canteiro de obras. Desta forma, existe a garantia da segurança dos trabalhadores, assim como a ajuda na produtividade durante todo o expediente.

Engenharia elétrica na instalação

Para que todo o empreendimento imobiliário seja alimentado com energia elétrica de forma eficiente, compreendendo os níveis de segurança que devem ser respeitados para evitar qualquer tipo de acidente, será preciso aplicar todo tipo de engenharia elétrica na instalação.

Este tipo de segurança deve compreender não só no canteiro de obras, mas também o quadro de distribuição que será instalado na obra, conforme o projeto apresentado.

Assim, é preciso compreender que tipo de construção está sendo instalada, pois a engenharia aplicada muda, desde uma simples casa, com quarto, sala, cozinha e banheiro, até uma indústria, com os capacitores de energia que devem suportar o funcionamento de diversas máquinas funcionando ao mesmo tempo.

Para adaptar a distribuição de energia, a equipe que cuida de toda a responsabilidade sobre a engenharia elétrica deve utilizar todos os dispositivos para que o painel eletrico tenha a indicação de cada espaço.

Desta maneira, a interrupção em determinados espaços fica mais fácil para a realização de manutenção, quando necessário.

A aplicação pode ser feita em uma planta simples de construção, separando os cômodos, até empreendimentos comerciais, como centros de compras, que podem ter áreas específicas de fornecimento de energia.

Dentro do painel instalado deve estar disponível um disjuntor bipolar, que nada mais é que um sistema de segurança para que todo o fornecimento de energia seja desligado, em casos de necessidade, quando há sobrecargas ou curtos circuitos dentro da rede.

De modo geral, esse equipamento pode desligar automaticamente, em qualquer um destes dois casos, para evitar acidentes elétricos.

Nas grandes indústrias, outro equipamento que é instalado como forma de segurança é o barramento para disjuntor din, que trabalha em conjunto com outros tipos de disjuntores, distribuindo de maneira assertiva a energia elétrica para todos os aparelhos elétricos de uma empresa ou de uma residência.

O importante é que a segurança deve estar presente em todas as instalações.

redator Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *