Conhecendo as etapas de fábricas de fone de ouvido

Os fones de ouvido são muito utilizados para diversas funções, sejam elas lazer ou trabalho. No mercado, existem diferentes tipos de fone, para os mais variados gostos e necessidades.

Dentre os tipos de fone de ouvido podemos destacar alguns como:

  • Auriculares;
  • Intra-auriculares (in-ear);
  • Supra-auriculares (on-ear);
  • Circumaural (ear-cover).

Os auriculares são os tipos mais comuns e também os que possuem preço mais acessível, além de possuírem características interessantes como tamanho pequeno, leveza e serem portáteis.

Como na maioria das vezes eles não são ergonômicos, não se adaptam muito bem dentro do ouvido e o som pode vazar. São bastante indicados para quem quer ouvir música enquanto pratica alguma atividade física.

Já os fones intra-auriculares são aqueles que possuem a borracha de silicone que encaixa perfeitamente no canal auditivo, proporcionando um isolamento muito maior do que os auriculares.

Eles também são portáteis, bem leves e pequenos, ou seja, a diferença maior entre eles é essa questão do isolamento.

Os fones supra-auriculares são aqueles que ficam por cima da orelha, ou seja, não tem a cobertura toda da orelha. Eles não são tão portáteis quanto os dois primeiros modelos, mas possuem diversos tipos de design para agradar os clientes de diferentes gostos.

Por fim, o fone circumaural cobre toda a orelha, possui uma espuma para fone de ouvido que garante um isolamento acústico muito bom.

A qualidade do som também é superior à dos outros modelos, sendo bastante eficaz ao detalhar sons graves e agudos. Esse tipo de fone é muito usado em jogos e em telemarketing, por exemplo.

Pensando nos itens que compõem um fone de ouvido, o conector exerce influência no transporte de informações. O plug mais indicado é o banhado em ouro de aço inoxidável, pois, como a condução de eletricidade do ouro é alta, a música consegue passar do aparelho para a caixa de som de forma mais eficaz, evitando também os ruídos.

A parte que mais influencia na qualidade do fone é o diafragma, ou seja, o autofalante do fone. Existem dois tipos dele, o diafragma dinâmico e o diafragma eletrostático.

Apesar de ser mais barato, o diafragma dinâmico possui uma boa amplitude, e apresenta um som mais linear. Já o diafragma eletrostático é bem mais tecnológico, e são formados por dois eletrodos e uma película bem fina entre os dois.

O som é bastante limpo, não há nenhuma distorção das frequências, desde sons mais agudos até os mais graves.

Headset: o modelo de fone de ouvido utilizado em telecomunicação

O headset é bastante usado principalmente na área de telecomunicação. É um equipamento composto por um arco de fone de ouvido e um microfone acoplado. Ele possui desenho ergonômico que se adapta à cabeça do usuário.

O seu funcionamento se dá a partir da conexão dele com um computador ou uma base discadora e é muito utilizado pelos funcionários de empresas de call center, telemarketing, vendas e também por pessoas que trabalham em escritório e precisam estar sempre falando ao telefone, sem que as mãos fiquem ocupadas.

Além de ser confortável, eles contribuem para o aumento da produtividade, já que os funcionários podem fazer outras coisas enquanto escutam aquilo que é necessário.

Ferramentas pneumáticas x Ferramentas elétricas

As ferramentas pneumáticas, como a pregadeira pneumática, popularmente conhecidas como ferramentas de ar comprimido, se diferem das ferramentas elétricas, pois dispõem de mais torque e mais potência do que elas. No quesito durabilidade, elas também são superiores. Isso porque elas possuem menos peças móveis.

O uso delas é bem simples, bastando apenas conectar a mangueira da ferramenta pneumática ao compressor de ar. O grampeador pneumático é um tipo de ferramenta muito utilizada por tapeceiros, por exemplo. Por meio da compressão de ar nos grampos, ele consegue grampear.

Pensando em segurança do trabalho, as empresas devem conter a lista de máquinas e equipamentos que são usados nos processos de fabricação, incluindo as fabricantes de fone de ouvido.

A adequação nr12 é um documento que consta todas as características e especificidades de cada equipamento, como modelo, cor, capacidade, peso, entre outras.

Junto com ele deve vir anexada a planta da empresa especificando o local de instalação de cada equipamento. Esse controle, além de seguro, traz outras vantagens para a empresa, como: melhor controle de todos os equipamentos e auxílio na melhora da definição dos fluxos de materiais, reduzindo as possíveis perdas.

redator Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *