Conheça as características sobre os tubos quadrados

Os tubos quadrados de ferro e aço são de uso corriqueiro nos mais diversos segmentos econômicos.

O motivo por trás disso é a sua versatilidade: dependendo da composição da liga metálica usada para construí-los.

Eles podem ser usados desde para transportar fluidos líquidos ou gasosos até servir como apoio para estruturas de engenharia civil, sempre de maneira segura e eficiente.

Entretanto, quando boa parte das pessoas pensa em um tubo, elas imediatamente imaginam um tubo redondo. Apesar de esse modelo também ser muito usado, ele também está disponível em outros formatos, como o tubo industrial quadrado.

Se você quer saber mais sobre esse modelo, então continue lendo e confira os seus diferenciais:

O que é um tubo quadrado?

Como o próprio nome diz, um tubo quadrado nada mais é do que um tubo, normalmente projetado para uso industrial, que tem o diferencial de ser quadrado ao invés de redondo.

Apesar dessa diferença, é importante ter em mente que o tubo quadrado preço não costuma ser muito diferente que um modelo semelhante, mas com o tradicional formato redondo.

Portanto, são as necessidades do projeto em questão são o que deve determinar a escolha por um ou por outro.

Felizmente, o formato do tubo não costuma limitar os seus usos: as especificações que definem o uso de um ou de outro são outras. Falaremos mais sobre isso a seguir:

Para que serve um tubo quadrado?

Como dito anteriormente, os usos de um tubo redondo e os de uma versão quadrada não são muitos diferentes.

Na verdade, o fator que determina as aplicações do objeto é a matéria-prima usada em sua fabricação: o metalon, por exemplo, é um aço carbono regular, apenas com outro nome.

Como a sua principal característica é o alto grau de dureza, seu uso é recomendado para situações nas quais é imprescindível que a resistência seja acima da média.

Quer saber mais a respeito do uso de tubos redondos? Então continue lendo e confira algumas de suas principais aplicações:

Grades e portões

A má situação da segurança pública brasileira não é novidade para ninguém. Por conta disso, praticamente todos os proprietários de imóveis invistam em soluções que tornem a sua propriedade menos atraente para ladrões, tais como:

  • Câmeras de segurança;
  • Alarmes;
  • Detectores de presença;
  • Portas inteligentes.

Por mais que a tecnologia também seja útil para evitar atividades criminosas no local, nada substituiu a implementação das chamadas soluções de barreira, como muros e grades.

No casos dessas últimas, elas podem ser facilmente feitas a partir de tubos quadrados que tenham um diâmetro menor, assim como os portões.

Para prolongar a sua vida útil, recomenda-se optar pelos modelos confeccionados em metais galvanizados, que recebem um metal de sacrifício em sua superfície.

Assim, ele se danifica, enquanto a liga principal se mantém intacta. Além disso, a barra pode ser pintada, o que colabora com a sua proteção.

Estruturas de edifícios

Apesar de a alvenaria ser a técnica que boa parte das pessoas associa automaticamente à construção civil, boa parte das estruturas contém metais.

O motivo por trás disso é o fato de que tais materiais são capazes de proporcionar mais suporte, tornando o edifício muito mais estável e seguro.

Essa função, por sua vez, pode ser exercida pelos tubos quadrados.

Contudo, é preciso ter em mente que, nessa situação, é fundamental que o tubo seja produzido por uma câmera de qualidade, já que qualquer problema em sua confecção pode se traduzir em uma situação crítica para a estrutura do edifício.

Assim, recomenda-se fazer a compra junto a um estabelecimento de confiança, e que seja reconhecido no mercado, como a Açotubo.

Transporte de fluidos

Na indústria, uma das principais aplicações de tubos no modo geral é no transporte de fluidos, sejam eles líquidos ou gasosos.

Assim, nada impede que um modelo quadrado pode ser usado dessa maneira sem maiores problemas.

Apesar disso, recomenda-se privilegiar um modelo em específico quando a sua finalidade for transportar fluidos: o tubo pneumático.

Trata-se de itens estimulados por captação de ar comprimido ou vácuo, o que, por sua vez, facilita o transporte de fluidos mais leves, e que não exijam grandes esforços.

Ainda assim, isso faz com que a tarefa – e, consequentemente, toda a linha de produção – seja mais eficiente.

redator Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *