Conheça a funcionalidade das chaves para as indústrias

Seja para transformar energia ou garantir a segurança dos maquinários, as chaves são itens essenciais nas indústrias, mas muitas pessoas não conhecem a funcionalidade desses tipos de objetos.

Confira a seguir alguns tipos de chaves e como elas funcionam

A chave seccionadora é o dispositivo destinado a realizar manobras de seccionar e isolar um circuito elétrico. Em condições normais e com seus contatos fechados, ela deve manter a condução de sua corrente nominal.

Inclusive de curto-circuito, até a abertura do disjuntor, sem sobreaquecimento. Basicamente, a seccionadora é uma extensão do condutor, que se desloca quando acionado, abrindo e fechando através dos contatos fixo e móvel.

Normalmente, em média tensão, seu controle é manual através de alavanca ou bastão. O mecanismo de operação das chaves seccionadoras possui, de forma geral, o mesmo princípio de funcionamento.

E pouca variação de detalhes construtivos em razão dos vários fabricantes. Em geral, as chaves seccionadoras de média tensão, possuem dispositivo de bloqueio dotado de fechaduras (bloqueio KIRK).

Que impede a operação do mecanismo e, consequentemente, a manobra da seccionadora, sem a necessária observância dos procedimentos de segurança.

As chaves seccionadoras que operam sem carga são, em geral, dispostas entre disjuntores, isolação dos circuitos e inversor de frequencia.

Nas instalações, onde a chave seccionadora está localizada próxima do disjuntor (em geral de 3 a 5m), aplica-se usualmente a seccionadora seca.

Visto que o próprio disjuntor desempenha a função de proteção contra sobrecorrentes. Nas instalações onde se dispõe o disjuntor distante da seccionadora (em geral acima de 5m), recomenda-se a utilização de seccionadoras.

Com fusíveis para proteção, inclusive dos cabos condutores e, até mesmo, para melhoria da seletividade. Utiliza-se, normalmente, a chave seccionadora sob carga em circuito de alimentação de um transformador de pequeno porte.

Essa chave é ideal para isolar e seccionar um circuito elétrico

A chave de nível tipo bóia, é desenvolvida para o controle de nível por meio de uma boia, para os diversos tipos de líquidos.

E como elemento de segurança complementar, do medidor de nível para alarme do nível mínimo e máximo. De fácil instalação, manuseio e operação, o funcionamento da chave de nível não é afetado por determinadas variações.

Que possam ocorrer no processo, como constante dielétrica, condutividade, pressão e temperatura. É a chave ideal para aplicação em controle de nível de água tratada, efluentes, esgotos e produtos químicos.

Com uma estrutura suspensa, a chave de nível possui sensores Reed Switch SPDT ou SPST, que ficam dentro da haste que sustenta os deslocadores. Estes que são mecanismos suportados por uma mola.

Como a densidade desses deslocadores pesa menos em líquidos, quando o nível do reservatório é atingido, a tensão da mola diminui e o acionamento mecânico da chave, é conectado por meio dos sensores.

A chave de nível tipo boia magnética, é encontrada com até três deslocadores para pontos de acionamento diferentes. O rearme da chave é automático.

Dependendo apenas do valor do diferencial, que pode ser fixo ou variável. Alguns acessórios são disponibilizados para ajudarem no controle da chave, de nível tipo boia magnética, como:

  • Controles de nível com dimensões e flanges especiais;
  • Cabos com comprimentos maiores do que 4 metros;
  • Deslocadores em AISI 316;
  • Cabos em nylon;
  • Molas inconel;
  • Tubos para proteção da chave de nível tipo boia magnética.

A chave de segurança com a NR 12 é de uso obrigatório em todas as indústrias

A indústria mundial está cada vez mais dinâmica, utilizando-se de tecnologias de ponta em seu sistema de produção para otimizar procedimentos.

Frente a este cenário em constante evolução, crescem também os riscos de acidentes de operadores, em relação aos perigos enfrentados nos diferentes processos industriais.

Para garantir a segurança dos trabalhadores na indústria, a legislação brasileira conta com a NR 12, que torna obrigatório o uso de dispositivos e sistemas de proteção, em máquinas e equipamentos, visando reduzir o número de acidentes.

Durante muito tempo, foi comum encontrar chaves com baixa resistência a impactos e fáceis de burlar o sistema. A chave de segurança nr12 é um dispositivo utilizado no monitoramento de maquinas e equipamentos, como proteções móveis.

Estes, devem obedecer ao princípio de ruptura positiva e sua ação construtiva somente são considerados itens de segurança, uma vez que estes estejam interligados a uma interface de segurança.

Diferentemente das chaves fins-de-curso de segurança, estes dispositivos são difíceis de burlar, em função das diferentes formas de codificação interna de seus atuadores, com sistemas rotativos.

redator Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *