Como é feito a elevação de carga na indústria?

Quando pensamos em uma indústria, pensamos o quanto ela necessita de telhas, funções e diferenciados tipos de trabalho. Contudo, não imaginamos, ou realmente sabemos que é muito mais do que vemos diariamente.

Seja em um armazem, em uma sala, uma fábrica ou afins, centenas de pessoas trabalham e muitas delas têm funções totalmente diferenciadas dentro de uma indústria, o que mostra o quanto esse tipo de segmento necessita de mão de obra e diversas etapas de cuidados e detalhes.

Uma dessas partes é a logística, ou seja, a parte que cuida de Equipamentos de movimentação e armazenagem de materiais. Não somente isso, mas também sobre todo o ciclo de transporte, entrega e comunicação com os clientes.

Ou seja, é um dos elementos cruciais para o funcionamento de uma fábrica de forma correta e afins.

Mas, para que isso aconteça é necessário que muitas etapas sejam seguidas também. Para que você entenda um pouco mais, falaremos sobre uma delas, que é a elevação de carga industrial.

Ela só pode ser realizada juntamente com alguns materiais e ferramentas como:

  • Guindaste;
  • Grua;
  • Objetos para amarração;
  • Fios;
  • Um veículo controlado por um funcionário.

Todo esse kit faz com que as cargas possam ser elevadas com 100% de segurança, sem esquecer do EPI, o equipamento de proteção individual que todos os funcionários devem usar como luvas, botas e óculos protetores, para que acidentes desnecessários não aconteçam.

Isso porque muitas dessas cargas são pesadas e para que não ocorram quedas, vazamentos ou a quebra de algo e isso recaia no trabalhador e em sua integridade física, ele deve se proteger ao máximo com equipamentos e treinamentos dados pela empresa responsável.

Como é feita a elevação de cargas?

Os guindastes são um dos elementos principais, que irão içar e levantar os objetos necessários. Ele faz um tipo de movimentação rápida e consegue carregar materiais extremamente pesados de um ponto para outro de forma eficiente e totalmente segura.

Eles possuem um sistema chamado “eletrônico para oscilação de frequência”, que juntamente com todos os outros elementos, ele se torna um equipamento mais estável ainda e possibilita um arranque mais suave, diminuindo custos de reparos e manutenções.

Com a ajuda da grua, o material é envolto em cintas ou cabos e também em fios, para que seja preso da maneira mais correta possível como já explicada em manuais relacionados ao serviço.

Com todo esse processo pronto, eles, com a ajuda de funcionários, serão içados com a ajuda da automação do guindaste.

Com isso, a carga poderá ser movimentada para o ponto que você desejar, como para cima de veículos, caminhões, etc., como para galpões, locais externos, entre outros ambientes.

Materiais para levitação de carga

Há dois tipos materiais usados na elevação de carga. Um não necessita ser usado juntamente com o outro, mas é possível fazer essa escolha dinamizando ainda mais o processo.

Para que o produto seja levantado, ele precisa ser amarrado. Isso pode ser feito com uma cinta de elevação de carga, especializada exatamente para esse tipo de trabalho.

Ela serve tanto para a elevação como para amarração do objeto. Possui características importantes e diferenciadas, como alta flexibilidade, facilidade em seu uso e aguenta um bom peso.

Fabricada com poliéster ou nylon, ela possibilita a substituição de outros tipos de materiais como o cabo de aço.

Esse cabo é claramente muito utilizado na indústria, mas por ser de aço, seu corpo se torna menos flexível, deixando-o em uma posição de dureza. Ou seja, ele é um pouco mais dificultoso para se lidar para essa função, ainda mais quando comparado com a cinta de elevação.

Por esse motivo, é importante contar com as ferramentas certas para cada operação.

A cinta de poliéster , além de possuir um corpo muito forte, seu material é impermeável, possui uma enorme elasticidade, ajudando a evitar seu rompimento e também é à prova de fogo. Ou seja, é uma enorme aliada e possui uma flexibilidade sem igual para esse trabalho.

Mas, para que você possa fazer a melhor escolha, isso dependerá de sua preferência e também de uma consultoria com profissionais da área, que irão lhe dizer as possibilidades e como você deverá lidar e quais equipamentos comprar para suas cargas.

Após isso, você poderá lidar com a elevação de todos os tipos de produtos sem nenhum tipo de problema ou preocupação.

redator Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *