Centrífugas e demais componentes do setor industrial

São muitos os dispositivos empregados no contexto industrial, principalmente se levarmos em conta a variedade de segmentos de atuação distintos e como cada um deles necessita diretamente da aplicação de maquinários, métodos e conhecimentos especializados. Nesse contexto, vale a pena conhecer um pouco mais sobre esse amplo e complexo universo.

Afinal, quais são os tipos de centrífuga mais empregados nesse setor? Como garantir a qualidade dos itens utilizados? Quais são os demais componentes que fazem parte da rotina de montagem e produção quando estamos falando das fábricas e indústrias?

No artigo que você acompanha em seguida conheça a resposta para essas e outras perguntas sobre esse assunto e entenda melhor como cada item empregado no contexto produtivo pode fazer toda a diferença na obtenção de resultados mais ágeis e rentáveis.

Centrífuga clarificadora

A chamada Centrífuga Clarificadora é um dos dispositivos mais importantes em diversos contextos fabris e industriais, sendo projetada especialmente para realizar a higienização de líquidos que serão utilizados nos procedimentos produtivos.

É por meio da clarificação que o segmento da produção industrial de bebidas, por exemplo, consegue promover cervejas, vinhos e sucos devidamente limpos e clarificados.

O desempenho desse tipo de centrífuga é marcado, principalmente, pela separação de itens sólidos de itens líquidos.

Como o dispositivo consegue chegar a velocidades bastante elevadas, a limpeza é feita de forma resolutiva sem deixar de lado a preservação dos equipamentos, que não sofrem danos.

Vale lembrar, ainda, que esse equipamentos pode ser automatizado, o que confere muito mais benefícios para o ritmo produtivo.

Algumas características importantes sobre esse tipo de centrífuga são:

  • Ela possui eficiência acima da média;
  • Conta com resistência e durabilidade;
  • Possui preço acessível ao investidor;
  • Necessita de manutenção especializada.

Centrífugas concentradoras

Já a Centrífuga concentradora, que também é muito encontrada em segmentos industriais como os de bebidas e o de biotecnologia, conta com uma fabricação tecnológica com materiais especiais, o que confere uma série de benefícios como a elevada resistência a:

  • Variações de temperatura;
  • Corrosão;
  • Abrasão e atritos;
  • Impactos e choques mecânicos.

Essa centrífuga é responsável principalmente pela segmentação de óleo cítrico e por processar as bebidas por meio desse procedimento, podendo também separar partículas sólidas e até mesmo outros tipos variados de resíduos.

Assim, ela garante a estabilidade e a padronização da bebida tanto no seu aspecto estético quanto na preservação da textura e do sabor.

São diversos os benefícios de se contar com as centrífugas concentradoras, especialmente quando estamos falando do controle de qualidade rigoroso que deve fazer parte do cotidiano produtivo dentro das fábricas e indústrias.

Afinal, sendo o segmento alimentício é um dos que mais se beneficia com a aplicação desse tipo de dispositivo. Assim, é primordial garantir a segurança e o desempenho satisfatório.

Entre as vantagens da máquina, podemos destacar:

  • Manuseio e operação simplificados;
  • Capacidade hidráulica ampla;
  • Presença de descarga automática;
  • Resistência e vida útil prolongada.

Vale contar com uma Centrífuga Westfalia para o cumprimento ideal das demandas de centrifugação e demais procedimentos relacionados com o uso desses dispositivos, garantindo eficiência elevada e promovendo a obtenção de uma margem produtiva de acordo com as projeções realizadas dentro dos mais variados segmentos.

Decantadores

Não poderíamos nos esquecer da importância dos chamados decantadores, que são equipamentos de diferentes tamanhos e que possuem formatos retangulares ou mesmo cilíndricos.

Como sugere seu próprio nome, o decantador foi feito para a realização de processo relacionados com a clarificação e a decantação de efluentes, sejam eles domésticos ou industriais.

Por isso, contar com um bom projeto de decantação é sempre uma forma de garantir mais segurança, eficiência e, claro, a obediência a todas as normas vigentes no setor industrial.

Algumas de suas principais características são a ampla margem de vazão, o uso de equipamentos customizados na instalação, o sistema de descarga de fundo automático ou manual e as tubulações em aço carbono.

Operação unitária

Muitas pessoas não sabem, mas as operações que são simplesmente indispensáveis para os segmentos da engenharia química e áreas similares são chamadas de operações unitárias.

No caso de um processamento de leite, por exemplo, realizado no ambiente produtivo industrial, é considerada uma operações unitária toda e qualquer etapa sem a qual é impossível obter o resultado como um todo, tal como a pasteurização.

Vale lembrar que o mais importante no contexto industrial de qualquer segmento é a aplicação de métodos eficientes e seguros, garantindo os resultados esperados no tempo mais curto possível. Afinal, são muitos os tipos de industrias e é importante que, em todos eles, haja o devido padrão de qualidade.

redator Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *