As tubulações e sistemas hidráulicos industriais

Com o constante avanço tecnológico e o constante aprimoramento dos dispositivos eletroeletrônicos (como a robótica), os setores produtivos industriais passaram a desenvolver técnicas de trabalho que possibilitaram o aumento da qualidade dos processos produtivos, em conjunto com uma série de melhorias nas atividades de produção e nos bens de consumo.

Nesse sentido, busca-se a otimização de sistemas, especialmente, na indústria, como forma de aumentar a produtividade, reduzir custos e, ainda, melhorar as condições de trabalho.

Entre os aprimoramentos mais significativos na indústria, destaca-se a automação dos meios de transmissão de energia, como por exemplo, os sistemas hidráulicos, as tubulações e as redes de transporte de fluidos, que atuam na transformação da energia mecânica para a energia hidráulica ou pneumática, dependendo das necessidades.

Assim, a hidráulica industrial se destaca, sendo um dos sistemas mais populares no setor industrial, devido à sua eficiência e praticidade.

Além disso, a evolução tecnológica fez com que os sistemas hidráulicos estivessem presentes em praticamente todos os tipos de indústria, sendo responsáveis não só pela transformação da energia mecânica, mas também, para o controle de movimentos.

A palavra hidráulica tem origem no termo “hidro”, que significa água. Portanto, a hidráulica compreende as leis e comportamentos relativos à água, ou fluidos sob pressão.

Alguns componentes das tubulações e sistemas hidráulicos

O engate rapido hidraulico é um dos componentes que atua nos sistemas de transmissão e movimento hidráulico. A peça possibilita a conexão direta imediata, bem como a desconexão de pontos do circuito hidráulico, de modo mais simples e rápido, sem a necessidade de ferramentas.

Desse modo, a operação pode ser feita manualmente, pelos próprios colaboradores da indústria.

De modo geral, os engates são construídos em conformidade com padrões técnicos e com materiais de alta resistência, com capacidade para suportar intempéries, choques mecânicos e variações de temperatura e pressão.

A vedação do engate rapido componente é feita de acordo com a NBR, para aplicação nos mais diversos sistemas hidráulicos.

Fora os engates, outros componentes essenciais para aplicação nos sistemas e circuitos hidráulicos são:

  • Tubos e peças de conexão;
  • Válvulas de segurança;
  • Reservatórios;
  • Unidades de potência;
  • Bombas hidráulicas.

Na parte das válvulas, cabe ressaltar que existem inúmeros modelos dessa peça, orientadas segundo a função. Entre elas, a valvula de retenção merece destaque, pois ela atua na orientação de direção do fluido, por esse motivo, também é chamada de válvula de sentido único.

O componente pode ser encontrado em diferentes tipos, com tamanhos e diâmetros diferentes, dependendo do tipo de aplicação. Sendo assim, é preciso ter em mãos toda a características da tubulação hidráulica, para a aquisição da válvula de retenção correta.

Os circuitos e sistemas hidráulicos trabalham, basicamente, com o transporte de líquidos e fluidos. Por isso, é importante ter atenção com a tubulação, que deve ser resistente e durável.

Nesse sentido, o tubo sem costura é outro componente integrante da rede. A principal característica é a inexistência de solda ao longo da tubulação, para maior resistência no transporte, em especial, nas variações de pressão.

Alguns componentes do sistema pneumático industrial

Fora os circuitos e sistemas hidráulicos, as redes pneumáticas também atuam na transmissão de energia nas fábricas e indústrias. Isso quer dizer que a tecnologia também é incorporada a esses sistemas, com a aplicação de componentes diferenciados para maior produtividade.

Entre os principais componentes, destaca-se a válvula de segurança para ar comprimido. Essa peça é especialmente confeccionada para garantir a segurança de sistemas onde o fluido a ser conduzido é o ar comprimido.

O funcionamento da válvula é automático, assim, caso haja variações no nível de pressão, o dispositivo é acionado para evitar acidentes. A válvula de segurança tem a finalidade de aliviar a pressão do sistema instantaneamente, de modo rápido e dinâmico.

Por fim, não há como falar de sistemas pneumáticos sem destacar o papel crucial do compressor de ar, o equipamento responsável pelo fornecimento de ar comprimido.

A máquina é uma fonte de ar contínua, capaz de acionar ferramentas pneumática do setor industrial e da construção civil.

De modo geral, os compressores de ar convertem os movimentos mecânicos gerados pela energia elétrica, ou outra forma, como a combustão, em ar comprimido.

O equipamento é extremamente eficiente, no entanto, precisa de manutenção periódica, a fim de evitar quaisquer acidentes ou problemas de funcionamento.

redator Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *