A utilização dos filtros e sua importância para indústria

A indústria possui muitas ramificações e por isso são responsáveis pela produção da maioria do que se é consumido atualmente.

Entretanto para seu funcionamento ideal, muitos equipamentos e peças são utilizadas dentre esses elementos que são muito importantes dentro dos diversos segmentos da indústria.

Há os filtros, responsáveis pela limpeza e tratamento de óleos industriais, gases, óleo lubrificantes e água. Nesse último há uma distinção entre os diversos tipos de filtro de agua que são utilizadas para:

  • Água não tratada;
  • Água do mar;
  • Água do rio;
  • Água de processo;
  • Água de selagem;
  • Água de refrigeração.

Dessa forma, por possuir muitas aplicações seus modelos, tamanhos e formatos também são distintos. E, além de serem partes de processos e produção, também contemplam equipamentos e acessórios utilizados frequentemente por todos na sociedade contemporânea.

Aplicação do filtro na indústria

Por ser utilizado desde a produção de veículos a produção de papel, o filtro, com auxilio da tecnologia foi se desenvolvendo e apresentando diversos benefícios aos seus usuários.

Por meio de uma filtragem correta é possível proteger as pessoas, o meio ambiente e até mesmo a máquina e suas engrenagens evitando acidentes e danos que refletem diretamente na linha de produção e na qualidade final do produto.

Além disso, por meio desse recurso é possível aproveitar mais e melhor os recursos naturais, fazendo assim uma utilização mais consciente e equilibrada a todos que convivem em sociedade, pois estende o tempo de uso dos materiais.

É importante ressalta que a filtragem em nível industrial é realizada em alta escala, com frequência constante, por isso demandam de filtros altamente desenvolvidos, confeccionados exclusivamente para atender a determinados fins.

Dessa maneira, não são produzidos em série e possuem proporções muito maiores que os filtros para uso residências e comerciais.

Assim, os fabricantes de filtros industriais, os produzem sempre para fins concretos, atendendo as condições de sistemas e operações que serão introduzidos para completarem e melhorarem a dinâmica dos projetos executados.

Por apresentar características especificas, tanto a sua produção como instalação e manutenção precisam ser realizados por profissionais devidamente capacitados para o desenvolvimento das atividades.

Tipos de filtros

Mesmo sendo desenvolvidos com características que os tornam produtos únicos há alguns modelos que são mais utilizados e aplicados nas indústrias atualmente, isso torna a sua produção e criação mais direcionadas e norteadas.

Filtros autolimpantes

Com produções diversas, sendo orientado pelo tipo de substância que serão filtradas, o filtro autolimpante tem como principal objetivo a proteção do líquido de resíduos sólidos.

A limpeza é realizada por meio da sucção desses sólidos, através dos coletores que giram internamente dentro da caixa de filtragem do objeto.

São mais utilizados para a filtragem da água, entretanto podem filtrar óleos, gases e demais substancias que precisam ser purificadas ou limpadas.

As suas vantagens dentro do mercado industrial são: Prolongamento da vida útil dos equipamentos; Aumento do intervalo para limpeza; Não precisa de mão de obra para realizar a sua limpeza.

Filtros cestos

São amplamente aplicados nas indústrias química, farmacêuticas, laboratórios, siderúrgicas, hidrelétricas e afins e a sua principal vantagem é a não necessidade de equipamentos especiais ou específicos para sua manutenção e limpeza, proporcionando desse modo, mais agilidade, simplicidade e facilidade nesse processo essencial à qualidade do produto.

Filtros bolsa

Esse modelo é composto por um sistema de filtração que consiste em três partes: o vaso de pressão, a caixa de filtragem de ar e a bolsa filtrante.

As suas vantagens são otimização nas cadeias de produções industriais. Por meio dele é possível realizar uma filtragem minuciosa separando as partículas sólidas indesejadas, economia de recursos e redução do consumo de energia.

Além dos filtros industriais de processo há os de produto, ou seja, aqueles são produzidos com mais frequência, pois compõem sistemas e máquinas que precisam desse objeto para o seu funcionamento efetivo e esses sim são produzidos em série.

Como os filtros para compressor de ar, filtros para ar condicionado e os mais comuns que são para a utilização da água a tornando potável e pronta para seu consumo.

Mesmo sem perceber os filtros e seus processos são utilizados, produzidos e aplicados constantemente nas indústrias e seus mais diversos segmentos, como no cotidiano da sociedade que faz uso de diversos equipamentos que necessitam desse elemento para ter aplicabilidade e usabilidade.

Proporcionando mais rentabilidade, economia de recursos, limpeza e qualidade aos trabalhos ou equipamentos desenvolvidos.

redator Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *