A importância dos metais e aplicações na indústria

A indústria é um setor fundamental para o desenvolvimento das cidades, influenciando tanto nas oportunidades de trabalho quanto na disponibilidade de produtos para o consumo no dia a dia.

Para isso, os maquinários, equipamentos e ferramentas envolvidas nos processos devem proporcionar segurança, eficiência e praticidade nas produções em massa, influenciando nos resultados dos empreendimentos.

O uso de metais é imprescindível na indústria, tanto para a composição dos maquinários quanto para a fabricação de diversos tipos de produtos.

As ligas metálicas oferecem higiene, segurança e resistência à diversos tipos de peças, representando vantagens para as unidades industriais.

Os metais são elementos químicos capazes de conduzir calor e eletricidade, com brilho característico e que podem ser utilizados puros ou em ligas. Dentre as principais características dos materiais é possível destacar:

  • Tenacidade: podem receber um grande esforço sem quebrar;
  • Ductibilidade: podem ser moldados e modificados com facilidade;
  • Maleabilidade: podem ser utilizados como lâminas;
  • Resistência mecânica contra esforços de tração, torção e compressão.

Cobre

O cobre é um material de transição bastante importante para as instalações industriais, devido ao fato de ser maleável, dúctil e um ótimo condutor de eletricidade.

Não é a toa que é empregado usualmente na fabricação de fios, cabos e em ligas metálicas. Os principais benefícios são:

  • Propriedades que garantem a versatilidade;
  • Resistência, inclusive contra oxidação e corrosão;
  • Preço acessível do material;
  • Maleabilidade que facilita o trabalho com o material;
  • Não libera gases tóxicos, mesmo em altas temperaturas;
  • Material totalmente reciclável, sem limites para a reutilização.

A principal aplicação do cobre está relacionada aos sistemas elétricos, com a condução de eletricidade.

Nesse contexto, o barramento de cobre 200A é um exemplo de equipamento, utilizado para o direcionamento adequado de energia elétrica para um quadro elétrico, possibilitando o funcionamento correto dos sistemas industriais.

Outra aplicação do material é nas tubulações para a condução térmica e elétrica, assim como em aparelhos compressores, sistemas de climatização ou refrigeração e instalações de gás.

O tubo de cobre pode ser fabricado com ou sem costura, dependendo da resistência exigida por cada aplicação.
Também são encontrados em componentes do motor e equipamentos de automóveis, barcos e navios.

Bronze

Popularmente conhecido pela fabricação de joias e medalhas olímpicas, o metal que surge da combinação entre cobre e estanho é chamado de bronze. A adição de outros elementos, como o alumínio, silício, manganês, fósforo ou chumbo, garante a produção de variações do bronze.

O material possui um ponto de fusão mais baixo, em comparação com o aço, e mais leve, principalmente na presença de alumínio ou silício na composição.

Também é macio, embora seja resistente contra fricções, e possui boas propriedades para a condução de energia e calor.

O bronze é encontrado em sinos, estátuas, rolamentos, tubos, válvulas, utensílios domésticos e diversos outros elementos, com fabricação específica para cada aplicação.

O Bronze grafitado é uma variação do material, conhecida por ser auto lubrificante e anti fricção, utilizada em peças industriais que não permitem a lubrificação manual, nos segmentos de eletrodomésticos, automotivo, mecânico e naval.

O material é poroso, visivelmente diferente das ligas de bronze convencional, tem baixo custo e alta durabilidade.

Vale mencionar neste ponto que a fabricação da bucha de bronze grafitado é possível por meio do processo de sinterização, popularmente relacionada como a metalurgia do pó.

Alumínio

O alumínio é um material que as propriedades físicas e químicas contribuem para a sua utilização em larga escala na indústria. Ele é leve e macio, tem baixa densidade, alta resistência à corrosão, alta condutividade térmica e elétrica, além de ser completamente reciclável.

Assim, uma chapa de aluminio pode ser reciclada diversas vezes sem perder as suas propriedades, o que garante alta sustentabilidade ao material. Desta forma, o material pode ser aplicado para:

  • Fabricação de latas para produtos de diversos tipos;
  • Fabricação de equipamentos para a aeronáutica;
  • Composição de utensílios domésticos em geral;
  • Substituição do ferro em janelas e portas metálicas.

Conhecer os diferentes tipos de materiais é uma forma de garantir mais qualidade e desempenho nas instalações, com escolhas que proporcionem economia, eficiência e segurança para as pessoas e patrimônio.

Além disso, é imprescindível o contato com fornecedores de qualidade e profissionais capacitados para a realização das instalações industriais, que muitas vezes envolvem serviços elétricos e de alta complexidade.

Desta forma, é possível aproveitar as vantagens que os materiais metálicos agregam para as indústrias de diversos segmentos.

redator Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *